Diferença entre impostos diretos e indiretos: o que as empresas pagam?

 

Saiba mais sobre os impostos diretos e indiretos e quais são as obrigações da sua empresa jurídica no pagamento desses tributos no Brasil. Veja também uma diferenciação sucinta dos impostos diretos e indiretos e suas alíquotas.

 

 

No mundo da contabilidade, é fundamental entender os diferentes tipos de impostos que uma empresa pode enfrentar. Em particular, é crucial distinguir os impostos diretos dos indiretos e compreender quais são as obrigações das empresas Pessoa Jurídica (PJ) no Brasil.

 

Impostos diretos x indiretos

 

Os impostos podem classificar-se em duas categorias principais: diretos e indiretos. Os impostos diretos são cobranças financeiras feitas pelo governo diretamente sobre os contribuintes e baseiam-se em sua capacidade contributiva. Em outras palavras, quanto maior o patrimônio ou renda do contribuinte, maiores serão seus pagamentos fiscais. Exemplos incluem Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas (IRPJ), Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), e Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

Impostos Indiretos, por outro lado, são cobranças feitas pelo governo através dos produtos e serviços que os contribuintes consomem. Esses impostos não dependem da capacidade contributiva dos cidadãos e podem afetar todos igualmente. Alguns exemplos desses impostos no Brasil são o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), Imposto sobre Serviços (ISS), e o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS).

 

Leia mais sobre: Você sabe o que é Planejamento Tributário e como implementar?

 

Impostos diretos

 

Imposto de Renda Pessoa Fìsica (IRPF): calculado sobre os rendimentos tributáveis de contribuintes pessoa física como salários e aluguéis recebidos. Os profissionais autônomos também recolhem o IRPF sobre seus rendimentos. As alíquotas vão de 7,5 a 27,5%, conforme as faixas de receita estipuladas pela Receita Federal.

Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ): para empresas do lucro presumido e lucro real o imposto de renda é cobrado separadamente, diretamente sobre a presunção do lucro e lucro contábil, respectivamente. No Simples Nacional o imposto de renda é cobrado juntamente com os demais, em guia única, sendo considerado um imposto indireto.

Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU): imposto municipal cobrado sobre as propriedades construídas em perímetro urbano.

Imposto sobre Veículos Automotores (IPVA): incide anualmente sobre veículos automotores, variando seu valor de acordo com as características do bem.

 

Conheça nossas soluções em Outsourcing Tributário

 

Exemplos de tributos indiretos:

 

-Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços de Transporte e Telecomunicações (ICMS)

-Imposto sobre Serviços (ISS)

-Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI)

-Imposto de Importação (II)

-Contribuições ao Programa de Integração Social (PIS)

-Contribuições Sociais para Financiamento da Seguridade Social (COFINS)

 

Leia mais sobre: Como consultar a inscrição estadual e qual sua importância?

 

Impostos diretos que uma empresa PJ vai conviver

 

IRPJ – Imposto de renda das Pessoas Jurídicas

O IRPJ é um imposto federal progressivo pago pelas empresas com base na sua receita bruta anual e lucro líquido. O imposto varia de 15% a 25%, dependendo da base de cálculo. As empresas são obrigadas a declará-lo trimestralmente junto ao Fisco Federal.

 

CSLL – Contribuição social sobre o Lucro Líquido

A CSLL é um tributo social pago pelas empresas com base no lucro líquido obtido ao longo do ano fiscal. O objetivo principal desse imposto é financiar programas sociais governamentais. As taxas variam entre 9% e 20%, sendo obrigatório seu pagamento mensalmente junto à Receita Federal.

 

IOF – Imposto sobre operações financeiras

O IOF é um imposto federativo brasileiro que grava operações financeiras como empréstimos, câmbio e seguros. O objetivo principal é regular o mercado financeiro nacional e gerar receita para o governo federal. As taxas variam de acordo com cada tipo de operação financeira.

 

Leia mais sobre: Desvendando o Domicílio Judicial Eletrônico

 

A importância da contabilidade na determinação de impostos diretos e indiretos

 

Dispor do auxílio de contadores qualificados no ramo de atuação da empresa é essencial para garantir a correta determinação dos impostos municipais, estaduais e federais, assim como a elaboração de uma adequada planificação fiscal.

Uma sólida contabilidade estará ciente das possibilidades tributárias das atividades exercidas e da legislação específica do local onde a empresa está estabelecida, garantindo que todas as estratégias sejam sustentadas pela lei e apresentando todos os cenários para uma tomada de decisão otimizada por parte do empresário.

 

Leia mais sobre: Dívidas com a receita federal aprenda como renegociar e parcelar

 

Conclusão

 

Compreender os diferentes tipos de impostos diretos e indiretos no Brasil é fundamental para as empresas PJ terem uma visão clara de suas obrigações financeiras. Ao consultar um escritório de contabilidade experiente, você receberá ajuda e saberá distinguir entre impostos diretos e indiretos e compreender os exemplos específicos desses tipos de impostos, e as empresas poderão gerenciar melhor seus recursos financeiros e cumprir com sucesso todas as exigências fiscais.

Além disso, na CLM Controller, contamos com uma equipe de especialistas altamente qualificados e experientes, prontos para fornecer todo o suporte necessário na elaboração e execução do planejamento tributário.

 

Planilha de Cálculo

Lucro Presumido

BAIXE GRÁTIS

Planilha de Cálculo

Tributos do Simples

BAIXE GRÁTIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 3 =

Ao continuar, você concorda que este site usa cookies apenas para fins estatísticos e funções que aprimoram sua navegação, sem rastreamento pessoal.