Atenção empresas do simples: regularize seus débitos para evitar problemas futuros

A Receita Federal está lançando um alerta importante para as empresas enquadradas no Simples Nacional. Se você faz parte desse regime tributário, é essencial ficar atento às novas diretrizes e prazos para evitar problemas fiscais no próximo ano. Neste artigo, abordaremos as medidas que as empresas do Simples precisam tomar para regularizar seus débitos e continuar a se beneficiar desse regime tributário.

[Artigo]: FGTS digital entenda a revolução no gerenciamento e pagamento 2023

Receita federal adverte empresas do simples

Esta semana, a Receita Federal emitiu um comunicado crucial para as empresas optantes pelo Simples Nacional. O aviso destaca que é fundamental regularizar quaisquer débitos pendentes dentro de um prazo de 30 dias, contados a partir do momento da leitura do comunicado.

[Artigo]: Alterações no RICMS/SP no crédito de ICMS 2023

Duas opções para evitar a expulsão do simples

As empresas que se encontram em situação de débito junto à Receita Federal têm duas opções para evitar a expulsão do Simples Nacional a partir do próximo ano:

1. Pagamento à vista:

A primeira opção é quitar o débito à vista. Isso significa efetuar o pagamento total da dívida de uma vez, o que pode ser um desafio financeiro para muitas empresas. No entanto, essa é uma alternativa que garante a permanência no Simples Nacional sem qualquer redução no valor da multa ou dos juros.

2. Programa de parcelamento ordinário:

A segunda opção é aderir a um programa de parcelamento ordinário oferecido pela Receita Federal. Esse programa permite o parcelamento do débito em até 60 vezes, o que pode ser mais viável para a gestão financeira da empresa. É importante destacar que, ao escolher essa opção, não haverá redução no valor da multa ou dos juros, mas a empresa terá a oportunidade de regularizar sua situação fiscal.

[Artigo]: Santander dispensa EY saiba quais foram as falhas em consultoria de fraudes financeiras

ADE: ato declaratório executivo

Os avisos sobre a necessidade de regularização serão enviados pela ADE – Ato Declaratório Executivo. É importante monitorar sua comunicação empresarial para garantir que o aviso seja recebido e tratado dentro do prazo de 30 dias.

[Artigo]: Principais mudanças da nova reforma tributária veja seu impacto nas empresas

Conclusão

A Receita Federal está intensificando a fiscalização e a cobrança de débitos das empresas do Simples Nacional. Portanto, é fundamental que as empresas nesse regime tributário ajam prontamente para evitar problemas fiscais no próximo ano. Se você recebeu o comunicado da Receita Federal, considere as opções de pagamento à vista ou adesão ao programa de parcelamento ordinário para garantir que sua empresa continue a se beneficiar do Simples Nacional. Lembre-se de que o cumprimento das obrigações fiscais é essencial para a saúde financeira do seu negócio e para evitar penalidades futuras.

E se você quer contar com uma assessoria contábil experiente, capaz de fornecer as melhores estratégias para sua empresa melhorar a performance financeira, conheça agora as soluções da CLM Controller.

Faça um Upgrade Financeiro:

Fale com a gente!

WHATSAPP CHAT

Planilha de Cálculo

Lucro Presumido

BAIXE GRÁTIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove − 1 =

Ao continuar, você concorda que este site usa cookies apenas para fins estatísticos e funções que aprimoram sua navegação, sem rastreamento pessoal.